Bifrost

Por _ecardo5o – Apaixonado pelo criptoespaço onde atua desde 2016, é Embaixador Polkadot, Editor do polkadot.com.br e Diretor de Projetos na Pointillé Comunicação.


A Bifrost acaba de liberar a criação de DOTs Líquidos (derivativos vsDOTs) nos Leilões da Polkadot. Essa é uma excelente notícia para quem está participando desses financiamentos coletivos mas não quer ou não pode ter seu capital alocado em DOTs pelo tempo de 96 semanas (período que eles ficam retidos para financiar cada slot das Parachains vencedoras).

Essa mesma funcionalidade já estava disponível para o Leilões da Kusama e estava sendo bastante aguardada pela comunidade Polkadot. Agora ao participar de grande parte dos Leilões Polkadot ou Kusama pela Bifrost (infelizmente nem todos ainda estão habilitados), no final da operação ela retorna em sua rede:

vsDOTs (para Leilões na Polkadot)

vsKSMs (para Leilões na Kusama)

E vsBonds (em ambos os casos)

A função dos vsTokens (vsDOTs e vsKSMs) permite a venda desses em troca do token original antes da retirada dos slots, de modo a atingir o objetivo de liberar liquidez. Ao contrário do vsBond, os vsTokens de DOTs e KSMs não estão vinculados à Parachains e slots específicos.

O vsBond por sua vez tem dois atributos principais: 1. Recompensa de contribuição: Os endereços que cunharam o vsBond no Parachain Bifrost (não obtidos por meio de uma transação) serão incluídos na lista de Participantes e receberão recompensas de Financiamento Coletivo do projeto Parachain. 2. Combinado com o vsToken, o vsToken pode ser resgatado 1:1 após o período de retenção necessário para os slots.

Se você chegou agora e não está entendendo nada, calma que a gente explica. Polkadot e Kusama são redes que por design operam em camadas que formam um anel de comunicação e segurança que permite diferentes Blockchains funcionarem de forma sinérgica.

Para conectar cada Blockchain existe um slot. E esses slots são limitados. Cada Slot pode abrigar uma ponte (Bridge) para uma Blockchain (embora existam casos de pontes múltiplas de segunda camada como acontece com a ChainX) ou uma Parachain, que resumidamente é uma Blockchain inteira construída em Substrate – o framework que potencializa o ecossistema Polkadot com o uso de pallets construtivos (como uma gigantesca biblioteca de diferentes funcionalidades que se interconectam). Além dessa característica as Parachains são (na maior parte das vezes) Blockchains para atender casos específicos de uso e são projetadas para essas finalidades.

Se os Slots são limitados e existe um grande número de projetos que querem esses espaços, como selecionar os que merecem ou não esta posição? Para isso foram criados os Leilões de Slots, onde as comunidades Polkadot e Kusama alocam seus Tokens para apoiar os projetos que mais acreditam. Em troca, esses times retornam os empréstimos através de seus próprios Tokens caso sejam os vencedores desses Leilões.

Esse mecanismo de Governança permite que toda a rede se mobilize para eleger quais serão essas novas Pontes e Parachains. E no final dos períodos estipulados (48 semanas nos Leilões da Kusama e 96 semanas nos Leilões de Polkadot) os detentores que emprestaram seus Tokens têm eles de volta. Com essa solução da Bifrost não é necessário esperar todo esse tempo. Em breve estarão disponíveis Pools de Liquidez para negociação de vsTokens e um mercado integrado na própria Bifrost para vsBonds também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.